eu estou em convalescença, debilitadinha e tal, ‘tadinha de mim, e a mulher que eu adoro acorda logo de manhã, com a hooligan que há em si a cantar e a dar aos pés: olé, olé olé porto olé!

(fui triplamete enganada! primeiro não gostava de futebol. descansei. não gosta de futebol, não tem clube. um pouco mais tarde, que não, não gostava de futebol nem percebia nada, mas era do benfica. três anos e tal depois, não gosta de futebol, não percebe nada, continua a ser um bocadinho do benfica, mas do que ela é mesmo é do porto!! é dose, só vos digo!)

Anúncios