a minha mãe é uma querida. quando sabe que eu estou assim a modos que mais preocupada ou quê, passa a vida a telefonar-me a saber se estou bem, se já cheguei a casa, etc, etc.
não é que nos outros dias não o faça. mas a forma como o faz, é colinho, mesmo!
(vá lá, hoje não me caiu no prato! é que ela tem uma pontaria tão grande, que me telfona sempre quando eu estou a comer.)

Anúncios