a propósito do j’attendrais da dalida (tudo a ver, portanto), lá voltámos nós à loucura do recordar é viver do vitor espadinha, comigo a declamar a letra para o meu colega do lado.
às vezes parece mesmo que estamos na escola!

Anúncios