o dia de ontem, ao contrário do esperado, não correu nada bem. e mais frustrada me deixou, por não ter conseguido manter um objectivo individual: nunca mais ser expulsa do banco.

[a ajudar ao disparate, recebi uma sms de um número que eu não conheço a dizer “até nunca”. se fossem para o caralhinho mais a mania que as pessoas têm de fazer este tipo de cenas! matem-se, pá! e longe que é para não cheirarem mal!]

Anúncios