de todas as vezes que nos pomos a jeito para que nos tratem mal, deveríamos, para além da dor psicológica, sentir também uma dor física, aguda, persistente, que só parasse quando da boca nos saísse um BASTA bem forte e alto!

mas mesmo sem dor física, de facto para mim BASTA!
fartinha de ser para os outros, aquilo que nem eles próprios são para eles si!

Anúncios