… mas aquela coisa do obrigado e se faz favor está vias de extinção, não é?
acabo de ouvir aqui na chafarica, um homem que anda a arranjar um circuito eléctrico a dizer à minha chefe ‘venha cá’.
eu, se me dissessem uma coisa dessas, ignorava de imediato. ou então repetia “venha cá, se faz favor”. claro que o facto de eu ser assim faz com que eu tenho fama de ter mau feitio e refilona e coisas que tais, pelas pessoas que adoravam ter tomates para serem assim, mas não são porque isso lhes traz de volta uma paz podre que lhes satisfaz o seu ego fraquinho.
farta de gente cobarde, fartinha. bardamerdas todos. parecem uns cachorrinhos a abanar o rabinho de cada vez que solicitam a sua atençãozinha.
tanta gente com falta de atenção.

Anúncios