os dias passam rapidamente, embora não tão rapidamente que dê para perder a noção do que fiz.
tive um fim de semana muito preenchido. no sábado fiz a meia maratona de bicicleta, uma aventura que pensei que me iria custar imenso e afinal foi tranquilo – tirando a dor no rabo, mas isso é mal de que padece muita gente que bicicla.
no domingo fui a Valadares, com a minha equipa. saí à rua ainda não era de dia. vi o sol nascer já na A1, a passar a zona de Vila Franca. de repente, o verão revisitou-nos. estava um calor insuportável para a prática desportiva. mas saímos de lá com uma vitória que era o que interessava. curiosamente, à medida que o tempo corre algumas coisas tornam-se mais fáceis, mercê do trabalho em conjunto, mas acresce também a responsabilidade de não deixar passar em branco situações que poderão a curto/médio prazo abanar a coesão. isso, ou sou eu mesmo que sou super focada e não relaxo!

Anúncios