às vezes só mesmo passando por uma fase de sofrimento, em que se está disposto a abdicar de tudo, para se ter consciência que na vida temos sempre muito mais a ganhar do que a perder.
e que a nossa vida só se constrói agindo. indo para a frente, tomando decisões, assumindo posições.
na verdade, diz e sempre me disse a experiência, na maioria das vezes as pessoas estão tão ocupadas com a suas próprias vidas, que nem têm tempo para nos foder o juízo. ou, melhor ainda, são tão incapazs de sózinhas arquitectarem planos para nos derrubar. já para não falar daquelas que nem se preocupam que a gente exista.
quem pensa o contrário vive uma vida amarrada a preconceitos, temores e angústias tão desnecessárias quanto perniciosas.

[daqui a 10 dias este blog fará (faria?) 11 anos. talvez este post lhe sacuda a poeira.]

Advertisements